Por muito tempo esse espaço esteve parado...
Foi criado para percorrer um determinado caminho mas acabou esquecido e abandonado na primeira curva.
Que esse caminho floresça, ainda que não siga
exatamente o traçado original.
Seja nosso (a) companheiro(a) nessa jornada, se assim o desejar.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------Heloisa
--------------------------------------------------------------------------------------------------------- obomcaminho@gmail.com

O reflexo das nossas buscas, encontros e desencontros pelos caminhos da Vida.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Limpando a mente

Conforme os dias tornam-se movimentados nesse mundo cada vez mais agitado, acabamos por nos sentir ansiosos, estressados e precocemente cansados. Aqui está um exercício curto e prático que você pode integrar na sua rotina diária.

Em intervalos regulares durante o dia, pare o que estiver fazendo (se for viável naquele momento) e retire a atenção de tudo a sua volta. Quando parar, traga a atenção para si mesmo. Lembre-se de quem você é – uma alma pacífica que é mestre da mente e do corpo. Então, lentamente vá tomando consciencia do seu corpo e procurando pequenas formas de trazer conforto a ele. Tente não se concentrar em nada enquanto respira devagar.
Aos poucos você se tornará consciente do pesado tráfego dos seus pensamentos passando na sua mente. Assim que começar a observar de longe seus pensamentos, eles naturalmente começarão a ficar mais lentos.

Alguns praticantes de meditação observam o controle de tráfego durante 3 minutos de silêncio, de acordo com uma agenda como a seguinte: 10h30; 12h30; 17h30; 19h30 e antes de ir dormir. Outros preferem parar um minuto a cada hora.

A prática regular desse exercício de 3 minutos o capacitará a rapidamente melhorar a concentração, o foco e a energia que você poderá então redirecionar para qualquer coisa que esteja fazendo.

Fonte: Brahma Kumaris
http://www.bkwsu.com/what-we-do-pt/meditation-pt/trafficcontrol-pt

Nenhum comentário: