Por muito tempo esse espaço esteve parado...
Foi criado para percorrer um determinado caminho mas acabou esquecido e abandonado na primeira curva.
Que esse caminho floresça, ainda que não siga
exatamente o traçado original.
Seja nosso (a) companheiro(a) nessa jornada, se assim o desejar.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------Heloisa
--------------------------------------------------------------------------------------------------------- obomcaminho@gmail.com

O reflexo das nossas buscas, encontros e desencontros pelos caminhos da Vida.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Ervas frescas

A maioria das ervas pode ser cultivada em casa, numa varanda ou área com boa iluminação natural. Uma mistura adequada para plantar ervas é formada por partes iguais de terra vegetal esterilizada e areia grossa. Se possível, acrescente um pouco de húmus (que pode ser comprado em qualquer supermercado ou loja de rações – a medida seria uma colher de chá para cada copo americano de terra + areia grossa, a cada quinze dias).

Se preferir, faça seu próprio adubo colocando cascas de legumes e frutas para secar e depois triturando junto com casca de ovo no liquidificador. As folhas secas que você retirar do seu viveiro de ervas também podem ser acrescentadas à mistura. Guarde essa “farofa” num pote tampado, em lugar seco e com pouca iluminação, para usar também quinzenalmente.

Atrás de uma vidraça ensolarada, a maioria das ervas cresce no verão quase tão bem dentro de casa quanto do lado de fora. Se as folhas ficarem pálidas, murchas e fracas, significa que não estão recebendo luz suficiente. A quantidade de água para a rega vai depender da estação do ano e da umidade do local.

A ideia da sapateira como “jardim suspenso” permite que você mude sua horta de lugar (mas cuidado porque ervas não gostam de muitas mudanças e costumam se ressentir, amarelando as folhas). Não esqueça também de fazer furinhos na sapateira para a água escorrer (e lembre-se disso ao escolher onde irá pendurá-la).

Nenhum comentário: